Registros de armas de fogo disparam enquanto homicídios despencam

Segundo a Polícia Federal, 44.181 armas de fogo foram registradas no Brasil em 2019, um aumento de 23,5% em relação a 2018. Facilitar o acesso a armas de fogo foi uma das principais promessas do atual presidente Jair Bolsonaro, que em seu primeiro mês de mandato assinou uma medida provisória visando este fim. O número de armas registradas é o maior desde 1997.

Os números de crescimento no registro de armas se apresentam após anos de um acalorado debate acerca do tema. De um lado da sociedade, aqueles que acreditam que o Estado deve desarmar a população, sendo o único agente sob controle legal de tais artigos. Enquanto que do outro lado, alega-se que políticas de desarmamento não funcionam, uma vez que os criminosos não respeitam a legislação e não se sentem intimidados pelo Estado, transitando livremente com seus arsenais enquanto o cidadão comum nada pode fazer, ficando completamente vulnerável aos infratores.

Outra alegação daqueles que se posicionam a favor do desarmamento é que o brasileiro não é “preparado” para manusear armas de fogo, fazendo com que a facilitação do acesso trouxesse um cenário de caos à segurança pública, o que faria com que os homicídios disparassem. Tal hipótese tem se apresentado inválida.

Com recordes nos registros de armas de fogo, 2019 também tem sido um ano de brutal queda nos números da criminalidade, em especial dos homícidios, que caíram em mais de 20% em relação ao ano anterior. Em alguns estados, como o Ceará, os números são ainda mais impressionantes, quedas que chegam a mais de 50%. Diferente do que os desarmamentistas alegavam, um acesso mais facilitado às armas deixou o país mais seguro, por mais paradoxal que isto possa parecer.

Mas se há mais armas, por que não há mais mortes?

A resposta para esta pergunta não é simples, pois são vários os fatores que podem influenciar na queda dos índices de criminalidade, e nem poderíamos garantir que há uma correlação direta entre aumento na posse de armas e queda nos homicídios. Porém é evidente que algo aconteceu durante o ano de 2019, e certamente a facilitação do acesso às armas tem algo a ver com isso.

Em uma sociedade desarmada, os criminosos se sentem muito mais seguros ao colocar em prática seus planos envolvendo assaltos, sequestros, estupros etc. Eles sabem que as vítimas muito dificilmente estarão portando algum artigo de defesa, como também sabem que a polícia não tem os meios capazes de atender uma ocorrência a tempo de evitar suas ações. Tudo fica mais fácil, sob uma ótica estritamente econômica, o crime passa a valer à pena.

O mesmo não acontece em uma sociedade em que o acesso a armas de fogo é não só facilitado, mas até encorajado (como o atual presidente faz). Neste cenário o trabalho dos criminosos fica muito mais incerto. Nunca se sabe quem poderá interferir em uma ação e “bancar o herói”. O risco para se cometer um delito aumenta exponencialmente, é preciso pensar duas ou três vezes antes de sacar uma arma ou cometer um assalto.

Os números da segurança pública brasileira vêm incomodando os “intelectuais”, uma vez que suas belas “ideias de campus universitários” não condizem com a realidade, enquanto que as demandas do homem comum parecem fazer mais sentido. Mas independente dos números, devemos sempre lembrar que se defender (e ter os meios para tal) é um direito natural e constitucional, e está intimamente ligado à liberdade e à segurança de um povo. 2020 será mais um ano em que colocaremos à prova a validade dos argumentos de cada um dos lados do debate.


LEONARDO FERREIRA
Editor-chefe
Graduado em Ciências Econômicas e Comércio Exterior pela Universidade de Fortaleza
Fundador e Conselheiro do Clube Atlas


Clique na imagem acima e doe a partir de R$1,00/mês para se tornar um de nossos apoiadores

32 comentários em “Registros de armas de fogo disparam enquanto homicídios despencam

    1. Concordo…
      Sou a favor do armamento do cidadao, e até achei a história do comentarista, bem inreressante.
      Porem faltou as provas da veracidade desse texto.
      Enfim…de onde eese cidadão LEONARDO FERREIRA, tirou essas informacoes, sao verídicas. Adoraria ter a certeza que sim.

      Curtir

    2. Olá Felipe, adicionamos os links aos principais indicadores citados no artigo.Todos são de fácil acesso a partir de uma pesquisa rápida no Google. Estes dados são oficiais fornecidos pelos próprios órgãos do Estado, como Polícia Federal e Ministério da Justiça.

      Curtir

      1. O cidadão do bem,no mínimo deve se equiparar ao bandido nas condições de se defender,é mais :matou um bandido,merece um medalha d patriotismo!!!!

        Curtir

  1. Quer saber o que penso: nunca vi tanta burrice como no meio dos estudiosos. Por exemplo: o consumo da água em excesso, vai fazer faltar água. Então precisamos urgente de um mecanismo para parar os rios. Só alguém que não pensa pra aceitar isso. É o pior: quem construiu essa ideia, se considera pensador. Isso é loucura ou burrice mesmo. Preciso uma resposta urgente. Raimundo da Cruz Alves.

    Curtir

  2. Se o estado conseguisse desamar os bandidos, nós não precisaria de arma de fogo; como o estado não consegue, nós precisamos sim se resguardar desses bandidos.

    Curtir

  3. Quando a pessoa completa 18 anos que presta o serviço militar e passa pelo psicólogo ou estado deveria de doar uma pistola calibre 9mm para todos os cidadãos

    Curtir

  4. sou a favor de legalização do porte e registro de armas, pois enquanto não for normalizado o cidadão de bem permanece nas mãos dos bandidos.

    Curtir

  5. Armamento deve ser ainda mais liberado, e uma mudança radical nas leis.
    Matou alguém = Perpétua trabalhando, o preso tem que se pagar.
    Assaltou ou tentativa com violência porem sem morte = prisão 30 anos sem indulto e sem abono por bom comportamento , vai cumprir 30 direto e trabalhando.
    Estrupo = Perpétua trabalhando.
    Agressão a qualquer pessoa e a mulher = 20 anos sem indulto.
    Visita íntima não tem mais…

    Curtir

    1. DESDE QUE ENTENDO POR SER UM CIDADÃO HUMANO, QUE NUNCA TIVE UMA PASSAGEM PELA POLICIA, PARA MIM FOI A MELHOR MEDIDA POR LEI, POIS QUANDO FUI CAMINHONEIRO, FUI ROUBADO E HUMILHADO E JOGADO EM UM VIADUTO EM UMA GRANDE CIDADE, E LEVARAM MINHA ÚNICA DEFESA QUE ERA UMA REVOLVER CALIBRE.38,QUE POR SORTE NÃO FUI MORTO POR ELE DESDE ENTÃO NUNCA CONSEGUI COMPRAR OUTRO POIS A LEI FICOU DO LADO DOS BANDIDOS E O CIDADÃO DE BEM PERDEU LONGE VIVENDO A CUSTODIA DE BANDIDOS ( APROVO O ARMAMENTO SIM..).

      Curtir

  6. Artigo bem fundamentado a partir das informações do…ahã…e do ahã…enquanto isso lá no Rio de janeiro…a bala come…e ninguém tem peito de encarar…

    Curtir

  7. Quando o Estado garante os serviços que tem obrigação de fornecer (educação, saúde, moradia e emprego), e quando isso funciona sem falhas como vemos desde sempre, a probabilidade de crimes diminui bastante ou deixa de existir.

    O acesso às armas de fogo pelo cidadão não era pra ser usado pra combater crime, como a direita idiota fala. A polícia é pra isso mesmo. Só que o Estado também oprime o policial com o sucateamento dos seus serviços. Por isso toda essa corrupção na corporação.

    O uso de arma de fogo pelos cidadãos sempre foi garantido por lei, mas a forma como está sendo encarado é que é o problema. Por isso que a esquerda tenta debater de forma inteligente sobre este assunto. Ser obrigado a usar arma de fogo pra combater bandido não é função do cidadão comum, mas nessa sociedade desigual, cheio de pobreza e desemprego, obviamente que a direita e seu pensamento fascista faz sua propaganda de aventuras de Bang Bang e expõe a população nesse jogo desonesto pra manter o status quo como está.

    Curtir

    1. Mas a esquerda não gosta de policial. Policial tem que cumprir um protocolo bem bonitinho, onde não se pode atirar, só abordar e algemar. Mas quando acontece de um policial matar um bandido gera um falatório absurdo. A nossa lei só beneficia as pessoas erradas, e os policiais não são onipresentes. Armamento pra população, sim!

      Curtir

    2. Obrigado a comprar arma ninguém é,eo porquê,nem todos são aptos a usar racionalmente, ou são medrosos e prefere entregar tudo como cordeirinhos, ou outro bocho manso e alegre qualquer…ou talvez militante de quafrilha que tenta se apoderar da nação,do erário,da dignidade da população..mas diante da resposta da maioria se opõe a boas políticas, tentando convencer ,que ,desarmando o povo vai ter menos mortes por armas de fogo..felizmemte pode-se adquirir arame p própria defesa e quem quer p si e família exercer a auto defesa.

      Curtir

  8. Apoio plenamente a aquisição de armas registradas, assim podemos surpreender essa bandidagem e nos sentirmos um pouco menos vulneravel ao ataque dos bandidos.

    Curtir

  9. Vc prepara seu mecanismo para qe os rios parem seu idiota !!….
    E nós estamos com nosso mecanismo proto para acaber com os vabundos…
    Apoio ..

    Curtir

Deixe uma resposta para Eudisley Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: