Não há motivos suficientes para uma guerra, muito menos para uma guerra mundial

Vamos deixar uma coisa bem clara: não haverá terceira guerra mundial e nem uma invasão dos EUA ao Irã. Quem fala isso ou é retardado ou está fazendo humor.

O motivo principal é bem simples: a guerra não interessa a nenhuma das partes.

Apesar do radicalismo dos aiatolás iranianos, eles não são completos idiotas e sabem muito bem que não possuem nenhuma chance frente ao poderia militar americano. Os EUA gastam por ano mais de meio trilhão de dólares em defesa, enquanto o Irã não passa de 13 bilhões. Ou seja, os yankees gastam aproximadamente 40 vezes mais que os persas.

Muitos de vocês viram seus amigos esquerdistas dizendo que os EUA querem o Petróleo do Irã, algo absolutamente descabido. Os EUA são o maior produtor de petróleo do mundo, produzindo em torno de 16% do total mundial, enquanto o Irã produz 5%. Vale lembrar que os EUA consomem 20% do petróleo do mundo. Em outras palavras, se o “déficit” de petróleo dos EUA é 4% da produção mundial, 95% dela está disponível para “compra”.

Além disso, os EUA ainda nem começaram a pagar os custos da Guerra do Iraque que custou mais de 2 trilhões de dólares. Lembrando que o Irã é maior e mais populoso que o Iraque, o custo de uma invasão e ocupação do país provavelmente seria maior, algo que dificilmente soaria bem com o eleitorado americano. Uma pesquisa da Universidade de Maryland mostrou que o público americano não aprova uma guerra com o Irã e o Trump quer se eleger em 2020.

Então por que os EUA resolveram por fim ao general Qassem Soleimani? São vários os motivos, mas vamos listar alguns:

  • No final do ano passado houve um ataque terrorista à instalações petrolíferas da Arabia Saudita – aliada dos EUA e inimiga do Irã. Ibrahim al-Assaf, chanceler saudita, acusou o Irã.
  • Soleimani criou um “bloco” Xiita no Oriente Médio (a Arabia Saudita é sunita).
  • De acordo com o governo americano, Soleimani e outros 5 iranianos foram responsáveis pela tentativa de assassinato do embaixador saudita em Washington.
  • Ele foi um dos dirigentes do Hezbollah (grupo terrorista xiita) nos anos 90 contra forças israelenses no sul do Líbado.
  • Suas ações chegaram até na América do Sul. Em 1994, o iraniano articulou um atentado contra a comunidade judaica argentina, que deixou 300 feridos e 85 mortos.

Em resumo, Soleimani estava longe de ser santo e ele fez por onde para merecer o destino que teve.

Fontes:

https://www.statista.com/chart/19367/share-of-global-oil-production/

https://www.reuters.com/article/us-iraq-war-anniversary-idUSBRE92D0PG20130314

https://www.usatoday.com/story/news/politics/2019/09/16/donald-trump-u-s-doesnt-need-mideast-oil-discusses-iran-response/2339329001/

https://www.treasury.gov/press-center/press-releases/pages/tg1320.aspx

https://veja.abril.com.br/mundo/suleimani-articulou-atentado-que-matou-85-em-buenos-aires/


CONRADO ABREU
Empresário
Bacharel em Relações Públicas pela Universidade Federal de Minas Gerais
Mestrando em Administração de Empresas na Fundação Dom Cabral


Clique na imagem acima e doe a partir de R$1,00/mês para se tornar um de nossos apoiadores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: